24.11.14

I present to you this blog and the blogger



Sou uma sonhadora nata. Sou insatisfeita por natureza e quero sempre mais e melhor. Exijo aos outros o que exijo de mim própria, o que nem sempre é bom porque sou ligeiramente perfeccionista. Tenho muitos sonhos e alguns sei que quase inacessíveis, mas ainda em aberto. O limite é o céu e a nossa força de vontade a escada para lá chegar. Acho sinceramente, que quando queremos alguma coisa, todo o universo conspira a esse nível. Já tive provas disso.


Às pequenas coisas do dia-a-dia. Quando folheio uma nova revista, ou leio um novo parágrafo de um livro, de repente faz-se luz e tenho uma ideia. Ou para fotografar ou para escrever. Ou apenas para mim mesma. E começo imediatamente a sonhar acordada.




Todos, do José Luís Peixoto e da Inês Pedrosa. Apesar de gostar de coisas bonitas e de me rodear delas todos os dias, tenho sentimentos um bocadinho retorcidos e gosto de ler coisas sérias e que me fazem pensar e ultrapassar os meus limites de beleza. Como a que está dentro das pessoas. Assim como a sua parte mais negra.


Muitos frutos anti-oxidantes, acho que estou viciada! Também há sempre leite sem lactose e iogurtes naturais.


Infelizmente ainda não encontrei o trabalho que me faz realmente feliz. A minha luta diária é nesse sentido.


Queria escrever e fotografar um bocadinho de tudo. E uma frase que resume isso mesmo é “o que vem à rede é peixe”.


Só de livros. Já são imensos!


Ter tempo de manhã para saborear um pequeno almoço reconfortante e abrir a El Mueble ou a Kinfolk para começar logo a viajar por aquelas páginas.




Qualidades: Persuasiva e empática. 
Defeitos: Perfeccionista.


Nesta nova estação estão todos os chapéus de abas largas que vejo


Para mim: Caudalie, Clinique, Massimo Dutti e Lanidor.
Para a casa: Zara home.


Até há bem pouco tempo tinha um emprego muito formal e tive de esconder ligeiramente o meu estilo. Gosto de roupa confortável e ligeiramente boho chic.


Óculos de sol, batons, cartões, creme de mãos Bênamor, Iphone.


Saias compridas e camisolas largas


Irá acontecer daqui a apenas uns dias. Desde sempre que quero ir ao Cambodja e parece surreal estar neste momento a fazer a mala para lá!




Lisboa, Portugal. Espero nunca ter de emigrar, não faz parte dos meus planos. Uma cidade fantasia para viver, que descobri o ano passado, Nova Iorque.


Criei o meu blog porque precisava de escrever o que sentia. Fui aliando essas palavras às imagens que fui captando e que agora tanto prazer me dão. Acima de tudo, façam o que vos fizer felizes. E sejam autênticos.

1 comentário:

Joana disse...

Muito obrigada pela oportunidade :)

Um grande beijinho