8.7.14

What happend??






Voltando a ler a nossa conversa acho que não mudei muito. Continuo com os legumes dos campos da família no frigorífico e a adorar os finais do dia, em que o nosso trio fica reunido mas a nível profissional... mudou muita coisa. Poucos meses depois despedi-me do gabinete onde trabalhava e comecei a trabalhar em casa, por conta própria, dividindo o meu dia entre as linhas rigorosas da Arquitectura e os traços expressivos da Ilustração. Tem sido uma constante aprendizagem e um desafio que me faz acordar super motivada, diariamente.


O blogue foi mudando, visualmente, com pequenos ajustes (entre outros que ainda vão surgir) mas em termos de conteúdo, e neste aspecto a minha opinião pode ser suspeita, fui mantendo os temas e a escrita que me identifica e que me faz "sentir em casa". Tenho recebido bastantes mais propostas de publicidade que continuo a recusar até que me apareça um desafio que seja criativo e que acrescente algo aos temas que partilho ou que eu ache relevante para quem me lê. Apesar do blogue seja uma excelente ferramenta de divulgação do meu trabalho, o blogue não é, nem pretendo que seja, o meu negócio.


Relativamente ao blogue, essencialmente quero que se mantenha uma fonte de prazer para mim, porque adoro escrever, e para quem me lê, porque sei que desse lado já se habituaram a textos positivos, alegres e criativos. Em termos profissionais, espero apresentar no último trimestre deste ano uma série de produtos com ilustrações minhas, abrir uma loja online e continuar com os projectos de Arquitectura, que é a minha formação.



Esta pergunta é muito fácil e quem me segue percebe que é óbvia: Alisa Burke
Sigo-a há muitos anos e é sempre um prazer visitar este blogue. Identifico-me completamente com os temas e com a forma como foi gerindo o crescimento do blogue, mantendo-se fiel ao conteúdo, introduzindo novidades e acima de tudo admiro a forma como "dá a cara" e partilha connosco alguns aspectos mais pessoais mas mantendo da esfera privada aquilo que não nos diz respeito. Além disso, sempre preferi blogues de pessoas "com rosto" do que de anónimos. Daí também ter assumido a identidade do meu blogue perante família, amigos, e de vez em quando, partilhar algumas fotos minhas com quem me segue. O blogue é aquilo que eu sou.


Para quem me segue só tenho palavras de agradecimento profundo porque recebo sempre mais do que aquilo que dou. Tenho a caixa de comentários aberta a qualquer pessoa e tudo o que recebo são palavras amigas e perguntas interessantes às quais dou sempre resposta. E para quem te segue e só agora me conheceu, deixo aqui o meu convite para passarem lá no cantinho e comprovarem se tudo o que aqui escrevi bate certo ou não :)

Sem comentários: