10.11.14

I present to you this blog and the blogger



 
Olá, sou a Andrea, sem i, tenho 34 anos, sou arquitecta de curso e muitos anos de profissão, sou mãe, sou "casada" sem anel, tenho uma loja linda e ao todo vivi 12 anos fora! 3 continentes, e 5 países! sou trilingue e arranho um espanhol só meu!

 
A inspiração para o meu blog vejo-a nos meus dias, sempre tive um "pinterest" dentro de mim durante anos e com o blog posso mostrar o que encontro sem estar só na minha cabeça. descrever o que se gosta com imagens é muito mais giro!


Quando era miúda qualquer história da anita ou do noddy, sim eu tenho uma colecção enorme dos livros do noddy muuuito antes dele se tornar irritante na tv, eu adorava. eu chamava-os "histórias da avó Esther Maria" porque ficavam sempre na casa dela como se fossem relíquias. mas eu acima de tudo sempre preferi "as histórias verdadeiras"

Cá por casa há pouca coisa no frigorífico, hábito que adquiri quando saí de casa aos 22 anos. vivi numa casa com a "geleira" sempre cheia de coisas, nem todas muito saudáveis, hoje em dia controlo-me muito bem sem esforços para não deitar fora. ele cozinha maravilhosamente bem e também odeia desperdício. temos sempre coisas básicas, iogurtes, leite, manteiga, queijos, sumos, legumes e fruta, mas como planeamos as refeições tende a haver muito espaço livre ali no meio... ter um frigorífico pequeno ajuda muito nos gastos. a despensa... essa é que por vezes parece um hipermercado, mas mais porque colecciono produtos de limpeza e higiéne... não há pior que nos faltar gel duche ou shampoo quando estramos no duche!

O meu trabalho agora é mesmo meu, sou chefe de mim mesma, não quer dizer que não existam pormenores que sejam mais chatos e difíceis que outros, mas de uma maneira geral o resultado e tudo o que daí vem, é positivo. gosto de criar e de imaginar como ficam cada peça que imaginamos. mesmo não sendo a minha formação, tenho cá para mim que tirei o curso perfeito para tudo!


O nome do blog quer dizer duas coisas. pode ser lido como a'spot (o spot/lugar da andrea) ou a spots' (a andrea encontrou) . basicamente sem grandes eleborações, este blog especificamente (tive outros dois enquanto estive fora para escrever sobre os países e vivências que por lá passava) surgiu mesmo com o intuito de poder escrever sobre algo que eu via, encontrava, descobria, imaginava e fazia que queria contar sem necessáriamente ter que avisar ninguém. algo muito mais natural. não escrevo para ninguém, mas gosto que quem por lá passe veja e espero sempre que goste.


Não, deixei-me disso depois da borracha querida nº367 quando tinha 12 anos!! ;)


É a altura do dia em que oiço um pouco de silêncio. aos 34 anos é o que mais me faz falta, seja às 7 da manhã quando saía para ir fazer ginástica, ou às 11 da noite em que me sento no sofá e consigo ouvir os miúdos a dormir e tranquilos.


Digo apenas uma de cada, sou super organizada mas por isso mesmo sou muito chata!


Neste momento adorava completar o meu mini escritório com peças giras em dourado... quando aparecer à minha frente, vou saber que era isso que procurava!


Hoje em dia quero é estilo simples e prático, entro em todo o lado e vou vendo o que há. sinto-me ainda muito miúda no vestir.


Como disse tem que ser simples, e prático, não posso andar chique todos os dias nem me sentiria confortável. ando muito a pé e mexo-me muito durante o dia, não me posso sentir presa.


Na minha mala há sempre: caderno, hard disk externo, carteira, óculos, caneta bic, chaves, iphone (e mais nada.......)

 
Roupa!


Já vivi em três continentes e cinco países, já viajei imenso e agora que tenho mais gastos e menos dinheiro dou comigo muito feliz de ter voltado a lisboa. não me quero repetir mas aqui vive-se muito bem, mas se eu pudesse escolher voltar onde fui feliz, voltava a são francisco... se tivesse que ser novo onde nunca estive........... médio oriente.



Laos


Poderia dizer que se quiserem começar um blog pensem no que de diferente ele terá para se destacar, poderia sugerir que seja bonito e agradável aos olhos. mas o que para mim é importante é escrever/mostrar o que eu quiser. no meu caso, gosto que os posts se identifiquem comigo, não só no texto, mas também na imagem e no tom/cores, quero que se perceba que sou eu ali atrás, e que haja coerência e ligação entre cada post. há leitores para todos os tipos de blogs e eu acredito que todos podemos dizer e mostrar o que quisermos.