7.7.14

I present to you this blog and the blogger




 
40 anos, nascida e criada em Lisboa, diretora editorial de uma editora de livros escolares. Adoro a minha família pequena e disfuncional. Adoro animais e não passo sem a Vespa gata, a TT e a Loba. Devoro livros. Não perco um passeio de bicicleta. Gosto de estar com os meus amigos mas de me deitar cedo. Detesto calor. Gosto de roupa de inverno. Trabalho muito mas não me importo. Vou à praia mas quando está fresco e para ler. Gosto de pôr cremes na cara e no corpo. Detesto pessoas mentirosas e invejosas. Adoro comer. Detesto cerveja. Adoro vinho e água. Gosto de crianças mas não de todas. Um dia vou ser mãe.


Aos livros, aos bichos, aos passeios de Vespa e de bicicleta, às notícias, às coisas bonitas e feias que vou vendo por aí. Escrevo sobretudo para não me esquecer daquilo que me vai marcando. E, às vezes (muitas, quando se trata de bichos), para tentar abrir os olhos para algumas realidades. Como me disse um dia um amigo, o meu blogue são impressões sobre o mundo.


Em miúda, as Anitas e Uma Aventura. Agora, a lista seria infindável. É ir ao meu blogue, etiqueta Livros, e espreitar aquilo que vou lendo.


Iogurtes, muitos. Alguma fruta. Leite magro que não saiba a leite. Sopa, sempre.


Tenho a sorte imensa de gostar do que faço e do local onde o faço. Adoro trabalhar com livros, e fazê-lo com livros escolares faz o contraponto com a ficção que gosto de ler. Gosto de pensar na estrutura, no design, nas capas, gosto de coordenar trabalhos e de pôr a mão na massa.


A Vespa dá-me liberdade, é nessas alturas que abrando e que tenho tempo para pensar. É a guiar (a Vespa, o carro ou mesmo a bicicleta) que concretizo a maior parte das ideias.

 
Ui, já fiz tantas... Desde a mítica de «borrachinhas queridas» às latas, passando por uma de mochos, uma de super-heróis e uma de Vespas em miniatura (estas últimas três ainda as tenho, mas dou-as como fechadas).


Quando chego a casa, tenho as minhas gatas a receberem-me, tiro os sapatos e sinto o chão do local onde me sinto bem. E à noite, naquela meia horinha antes de adormecer em que consigo pôr a leitura em dia.

Qualidades: sincera, criativa, trabalhadora, «trustable», otimista.
Defeitos: autoritária, obsessiva, pessimista. Tem dias.

Candeeiros e cadeiras, muitos e diferentes, mas não tenho onde os pôr. Todos os livros que apanhar.


Perfumes Marc Jacobs, roupa da Mango, Zara e do que cou apanhando de diferente, sandálias Madrid da Birkenstock, galochas Hunter, sapatos de onde calhar, produtos de cosmética da Clinique e Body Shop.



Imprevisível. Tanto posso estar impecavelmente aprumada como totalmente descontraída. Mas gosto de usar sempre uma ou outra peça para contrastar. Pode ser a cor dos sapatos, dos óculos escuros, de um lenço ou mesmo das unhas ou do batom.

Carteira quase a rebentar, óculos escuros, telemóvel, iPad, batom, creme de mãos, comprimidos de emergência.

 
Sapatos, sandálias e botas, muitos de cada. Calças também. E vestidos. Tenho de me controlar.

Depois de Lisboa? Por esta ordem: Londres e Berlim.

O deserto. Ou o gelo.

Apesar de grande parte dos blogues serem anónimos, acho que o importante é sermos nós mesmos e passarmos a imagem daquilo que somos, pensamos e acreditamos. Não há que criar um estilo, há que ter um estilo, porque só assim seremos coerentes e as pessoas gostarão de nos ler. E só assim gostaremos de ser.

2 comentários:

Vespinha disse...

Eu a ler! Não podias ter escolhido melhor imagem: :)

GATA disse...

A tua última resposta é a minha favorita!