28.7.14

I present to you this blog and the blogger


Mãe muito galinha de dois rapazes. Almadense de coração. Free-lancer e sem medo de trabalhar mas com o sonho de viver dos caracteres que escrevo. Durmo mal e detesto ter pressa quando acordo. Sou uma miúda mimada com a mania que sou independente.

Nos meus dias, nos meus medos, nas minhas angústias,nas minhas alegrias, nos meus filhos, nos meus amigos, no meu amor.

Livro, posso escolher qualquer um da Alice Vieira, aqueles que a minha mãe me lia para eu adormecer, até ao dia em que saí de casa [sim, já tinha 19 anos]. Nada me acalma como o som da voz da minha mãe.

 
Muita fruta, muitos vegetais, iogurte grego ligeiro do LIDL, iogurtes líquidos da Danone do meu filho pequeno, leite Vigor do meu filho crescido, leite de espelta para mim, comida já preparada, frango grelhado, brócolos cozidos, legumes salteados...

Escrever, escrever e escrever.

O meu filho Gonçalo chamava-me princesa. Foi apenas isso. Os meus dias vividos para ele[s].

Faço, de posts.

Todos as alturas do dia desde que sejam vividas com calma.

Qualidade: independência. 
Defeito: a mania que sou independente.


Bastam-me calças de ganga, botas simples e túnicas brancas.

Eu não sou muito dada a "moda". Gosto de ir às lojas grandes: Zara, Pull&Bear, Stradivarius. E depois lojas especiais como a Fantasyland no Mercado de Campo de Ourique.

Casual e confortável. Às vezes até demais.

Dinheiro, chaves, um casaco para cada membro da família e umas bolachas.

Calças e calções de ganga.

Lisboa, Portugal. Sempre.

A próxima. A que fiz hoje até à Comporta. A que um dia farei para casar no meio da Patagónia.

Isto é apenas um diário.



Sem comentários: