28.1.13

I present to you this blog and the blogger



Regra geral as pessoas que me conhecem dizem que sou estranha. Eu acho que sim e concordo. Tenho um sentido de humor lixado e farto-me de dizer asneiras. Não acredito que dourar a verdade seja a melhor política e por isso de mim podem sempre contar com a minha opinião sincera. Fartei-me de estudar e não exerço a minha profissão porque a minha vida raramente lá vai em linha recta. Mudei-me há dois anos para Londres porque vim atrás dessa linha recta. Trabalho que me farto e sou respeitada, acima de tudo é isso que procuro no quer que seja. Mas porque não deixo de ser tipicamente portuguesa com a mania que é esperta aprendi a contornar o sistema e tenho férias quase todos os meses :P


A vidinha de todos os dias. Raramente gosto de me focar em coisas negativas (o nome do blogue aponta para prazeres e eu não sou masoquista) e se o fizer será sempre com ironia. De quando a quando desapareço porque a vida implica que não estou em frente a um computador muito tempo e entre ficar em casa e actualizar o blogue e ir visitar uma cidade nova nem sequer penso duas vezes!


As cenas do Kamil que ningém sabe muito bem o que são! (Disclaimer: O Kamil é um das pessoas com quem partilho a casa) Meu será sempre leite, manteiga e iogurtes que acabo por nunca comer.


Humm, digamos que eu trabalho num dos locais mais posh do mundo, demasiado ligado à moda o que não tem nada a ver comigo. Se me esquecer disso e pensar só no facto de cada dia ser diferente e de ter aprendido tanto com tantas culturas diferentes então o meu trabalho até é algo que me agrada.


A história é quase uma lenda! Uma noite de jantar com colegas de curso, depois de uns copos, uma piada de 'aqui, já e agora neste beco escuro' e quando reparámos o nome do beco era Beco dos Prazeres. Apropriado!


Só de tralha :D


Lusco-fusco! A sério seria a Hora Dourada (termo de fotografia que diz respeito á primeira e última hora de luz natural). A luz, normalmente dourada e cristalina, torna tudo bonito, até uma cidade cinzenta e aborrecida.


Hummm segundo consta sou muito negativa mas o que me vale é que me rio de tudo. 


Não tenho peças na wishlist, tenho destinos.


Marcas não me falam muito ao coração mas diria que gosto bastante de Alexander McQueen. De resto gosto muito de coisas tiradas do armário da minha mãe e tudo em que a relação qualidade, preço seja aceitável.


Simples mas com muita cor e atenção aos detalhes.


Chaves de casa, documentos, telemóvel.


Quando estava em Coimbra, pensei que uma cidade maior é que era. Quando estive em Lisboa tive saudades de Coimbra. Vim para Londres a pensar que aqui tudo acontece e afinal de contas tenho saudades de Coimbra. Mas quando estou lá também sinto falta de Londres.


Transiberiano de São Petersburgo até Pequim.



Sem comentários: